Cidades Inteligentes e Humanas, um passo para o futuro

Cidades Inteligentes e Humanas são aquelas que vêem se atentando para a arquitetura tecnológica do mundo moderno e buscam com os novos recursos a melhoria na qualidade dos serviços aos cidadãos e tão logo uma melhor qualidade de vida aos que integram cada município.
O CIDES a convite da Cemig – Companhia Energética de Minas Gerais e da CONACI/BR – Confederação Nacional dos Consórcios Intermunicipais, integra a primeira fase do projeto “Cidades Inteligentes e Humanas” – CIH, e é importante reforçar que o CIDES foi escolhido entre cerca de 70 consórcios de Minas Gerais, e que as tratativas desse projeto começaram na terceira edição do Congresso Brasileiro de Consórcios Intermunicipais, realizado em Nova Friburgo no Rio de Janeiro em julho de 2016, onde o CIDES foi oficialmente integrado aos consórcios que fariam a primeira etapa do projeto. http://cides.com.br/cides-participa-3o-congresso-brasileiro-de-consorcios-intermunicipais-no-rio/

 

Sem dúvida a implantação do conceito trará um avanço significativo os nossos municípios e possibilitará um futuro promissor e igualitário de acesso aos serviços públicos a nossos munícipes.

Vale lembrar alguns pontos fundamentais que CIH proporcionará aos cidadãos:


Iluminação Pública: controle total a distância em tempo real gerando economia de tempo e de recursos

  • Possibilidade de redução de até 50% da fatura de iluminação pública;
  • Controle de intensidade da luz – (redução de custos);
  • Anomalias na rede – antecipação de problemas – (redução de custos);
  • Vida útil de equipamentos – manutenção preventiva (redução de custos);

Sistema Inteligente de Transporte: controle total a distância em tempo real gerando economia de tempo e de recursos

  • Controle da sinalização semáfora;
  • Controle de painéis luminosos de orientação de tráfego;
  • Informações aos usuários do transporte público sobre a situação dos coletivos de cada rota;
  • Gerência da frota de ônibus pelos concessionários;
  • Transmissão online das multas aplicadas pelos dispositivos automáticos de registro de infração

Segurança Pública – Monitoramento online

  • Sistema de câmeras de vídeo, distribuído em pontos relevantes, todas as viaturas podem ser equipadas com dispositivos de acesso à base de dados do órgão de segurança pública permitindo uma atuação imediata, na identificação de criminosos;
  • De prontuário de motoristas e as diversas outras aplicações.

Governança inteligente – Política Pública eficiente
Gestor poderá tomar decisões orientadas por dados reais em tempo real.
Diante da importância do projeto, a Diretoria 2016 do CIDES, apresentou o projeto na 13ª Assembleia Geral no dia 26 de julho de 2016 na Câmara Municipal de Campina Verde com a presença do presidente da CONACI/BR e de representantes da Cemig. Link: http://cides.com.br/prefeitos-da-regiao-dao-o-primeiro-passo-na-implantacao-do-conceito-cidades-inteligentes/
No final de 2016, no evento oferecido aos prefeitos eleitos gestão 2017/2020, pela Amvap, o Cides contou com a presença de representantes da Cemig e CONACI/BR para a reapresentação do projeto aos novos gestores municipais.
Com a evolução dos trabalhos a Confederação Nacional de Consórcios Intermunicipais do Brasil (CONACI/BR), tornou pública a abertura de CHAMADA PÚBLICA para manifestação de interesse de empresas de tecnologia com expertise reconhecida na implantação de cidades inteligentes para participarem de reunião no dia 30/11/2016. Cujo resultado pode ser acesso na íntegra no link.: http://cides.com.br/chamada-publica-conacibr-0012016-documentos/
Em 15 de março de 2017, o CIDES novamente se fez presente, através de seu Presidente Fradique Gurita e da Secretária Executiva Cristina Martins em mais uma reunião, em Belo Horizonte para discussão e análise dos trabalhos realizados e organização dos próximos passos a serem alcançados.
Por último, o consórcio teve mais uma apresentação do projeto “CIDADES INTELIGENTES E HUMANAS” na 17ª Assembleia Ordinária do CIDES, realizada no dia 11 de abril de 2017, onde o presidente da CONACI/BR e Prefeito de Mar de Espanha mais uma vez apresentou os propósitos do projeto, que tem na sua essência a melhoria das gestões municipais em todas as suas necessidades. Uma vez, que cada município tem uma demanda diferente e por isso, terá seu projeto trabalhado de acordo com essa necessidade. Link: http://cides.com.br/atas-das-assembleias-relatorio-de-reunioes-2017
Como parte da evolução do projeto, a primeira etapa será para gerar mais recursos e diminuir custos com a conta de energia elétrica, os municípios precisaram passar por uma EFECIENTIZAÇÃO DOS PRÉDIOS PÚBLICOS. E para isso, os municípios precisaram colaborar realizando o levantamento de seus prédios públicos.
Em suma, o CIDES tem trabalhado a proposta de CIDADES INTELIGENTES E HUMANAS, para solidificar a oportunidade de levar aos municípios consorciados melhorias nos serviços prestados aos munícipes e na economia aos cofres públicos.

Fradique Gurita da Silva – Presidente do Cides